REIS DO AR ( VW refrigerado a ar)

Vanderson Magnanti e Rafael Reis levaram seus Fuscas a ar muito mais longe do que se poderia esperar.

Vanderson desenvolveu um trabalho de muitos anos no “beetle” verde e conseguiu resultados surpreendentes.
Foi o único classificado em oitavo lugar para as finais da 250 que chegou a final disputando o título com chances reais de vitória. Fusca mais rápido da prova, calou por força dos resultados todos que não acreditavam em um fusca que não era AP.

Rafael Reis tem um caminho diferente. É um nome novo na arrancada. Comprou um bom Fusca a ar e levou para Tarumã e já no início da experiência bateu feio e teve de praticamente fazer um carro novo.

Muita gente apostou que ele iria desistir. Não foi o caso, Rafael mostrou que o que não lhe falta é determinação: não só remontou o carro como construiu outro ainda mais potente. Nas vezes em que participou da 250 levou seu carro a classificação para as finais.

Vanderson agora deixa o Fuca com a sensação de missão cumprida e vai para um novo carro, um V8 para ter ainda mais condições de brigar pelo lugar mais alto da prova.

Rafael além de ter um novo Fusca ( amarelo, força livre ) usou a experiência que vem acumulando na arrancada para criar um novo departamento em sua empresa, dedicado a construção de chassis e equipamentos de segurança para carros de competição – a King Performance.

Rafael carrega agora a “bandeira” de toda a tribo que gosta dos VW refrigerados a ar.