Chevette 12 volta em 2018!

O Automobilismo tem fases, tem aventureiros, tem os passageiros, tem os curiosos, tem os que por opção financeira atual, tem vários tipos, temos alguns que ao não se destacarem embarcam no barco do mimimi ( mimizeiro ) que poem defeito em tudo, pista, carro preparador, modelo de injeção, isso e aquilo, mas a real é que ali não é seu habitat, ir jogar golf, andar de bike, ou qualquer outro esporte que se enquadre e o futuro dele digamos bem próximo.

E temos o Rachador, aquele como o pessoal costuma falar o “Raíz”, aquele cara era da rua, ele é da rua, aquele cara que tem algo tatuado na alma ou no braço, que não tira o pé na 1° balançada, talvez aquele cara que seja brincalhão no box, mas incorpora ali na Sinaleira outro perfil, pura essência no talo, vende o carro com dó por necessidade e fica sempre pensando em comprar outro brinquedo.

Na foto acima temos o Ricardo Rësing, um cara gente boa com todos, conhecido como amigão por usar esta pronuncia, propriamente o irmão dele usa esse palavriado AMIGÃO em suas reportagens e isso acabou pegando no dia a dia, mas Ricardo e irmão dele aceleravam em Tarumã na copa Fusca, esse cara tem o trecho, ele está no trecho. Ricardo me contou que está ansioso para retornar a andar após 1 ano e alguns meses fora para dar um Upgrade no equipamento.

Como vivemos no Brasil e aqui as peças são caras as coisas as vezes andam mais devagar, mas como está no sangue e desistir e para os fracos, Ricardo faz as contas que Março ou Abril quer estar pronto para 2018, ele me contou que está necessitando de adrenalina na pista, remédio que faz bem para a saúde deste competidor que está efetuando a compra das rodas que é o que falta para seu projeto seguir.

Com diferencial Dana, pneus maiores e chassi mais leve Ricardo quer ficar mais competitivo, uma receita feijão com arroz com pilotagem da antiga “pé em baixo amigão” me disse ele por telefone.

Ricardo quer surfar os Rachas e ir em novembro para a Desafio 250 Outlaw, ano passado por outros motivos ficou de fora mas 2018 não há negociação, quer andar no Tarumã como time dele.

Vamos estar juntos amigão, te acompanhar e comemorar contigo tuas vitórias, como sempre pé em baixo!

Chevette 12 volta em 2018!